Boas-Vindas

Olá prezado visitante, é um prazer receber a sua visita. Espero que as mensagens do blog sirvam para a sua edificação e crescimento espiritual. Sua opinião é muito importante. Deus lhe abençõe!

Quem sou eu

Paracatu, MG, Brazil
Sou casado e tenho dois filhos. Cursei teologia pelo Seminário Presbiteriano do Norte (SPN) em Recife - PE (1997) e na Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), São Paulo - SP (2006)

19 de abr de 2010

A ESPERANÇA ESTÁ EM JESUS

O salmista diz que “uns confiam em carros, outros, em cavalos; nós, porém, nos gloriaremos em o nome do Senhor, nosso Deus” (Sl 20.7). O autor de um hino sacro diz: Grande foi o teu amor, que na cruz assim mostraste! Para meus grilhões partires, tua vida não poupaste! Tanto um quanto o outro expressa a sua confiança no Altíssimo! A Escritura desafia o servo de Deus a olhar firmemente para Jesus, como o “Autor e Consumador da fé” (Hb 12.2), confiando toda a sua existência e depositando a toda a sua esperança nas mãos daquele que é o fiel guarda dos homens! Mas afinal porque somos desafiados a colocar toda a confiança e esperança em Jesus?
A primeira razão é porque foi com o sangue de Jesus que Deus escreveu o nome dos remidos no livro da vida (Êx 32.32; Fp 4.3; Ap 3.5 e 20.12). Jesus garante que “todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora” (Jo 6.37). Todo o que vai a Cristo e o recebe como seu Senhor e Salvador pessoal tem o nome escrito no livro da vida, recebendo assim a salvação. Jesus pagou o preço requerido por Deus para resgatar o seu povo de todos os seus pecados e dar-lhe a vida eterna.
A segunda razão que os remidos em Cristo têm para colocar nele toda a sua confiança e esperança é devido ao fato de que foi por meio de Jesus que Deus os fez herdeiros de toda sorte de bênção espiritual. Todo aquele que recebe a Jesus como seu Senhor e Salvador pessoal se torna herdeiro das dádivas de Deus em Cristo. Dentre as muitas dádivas de Deus aos remidos, destacam-se o privilégio da justificação pela fé, o gozo do livre acesso à presença do Pai, a garantia de estar selado com o Santo Espírito da promessa, dentre outras.
Em terceiro lugar, é por meio de Jesus que Deus adota os remidos, passando eles a usufruírem a condição de filhos amados. Lemos na Escritura que “em amor (Deus) nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo...” (Ef 1.4-5), o que significa dizer que em Jesus o remido é UM FILHO AMADO DE DEUS.
Portanto, todo aquele que deposita a sua confiança e esperança em Jesus recebe um nome especial na família celestial, torna-se herdeiro de toda sorte de bênção celestial e adquire o privilégio do livre acesso à presença de Deus Pai por toda a eternidade, na condição de filho amado. Por tudo isso, é sábio e prudente depositar nele toda a confiança e esperança. Afinal, Jesus é suficiente e poderoso para livrar, guardar e proteger a vida de todo aquele que nele confia. Aleluia! Soli Deo Gloria!

Nenhum comentário:

Postar um comentário